Back to Madrid

E aí, como foi de carnaval? Depois do inferno do ano passado (quase literal, após ficar umas 10 horas num ônibus fechado e sem ar-condicionado, no pior carnaval da história), este foi muito bom: ficamos fora um pouco da muvuca, entre Gramado e Canela – mas esta fica prá outro dia.

BARAJAS

Dentro do avião finalmente tive uma ideia simples e que me facilitou demais a vida: ia ficar 1 noite só na cidade, então prá que carregar aquela mochila enorme nas costas? Portanto, a primera coisa que fiz depois de desembarcar foi procurar um guarda volumes, ou Guarda-equipajes, algo assim… e logo na saída tem placa indicando onde fica. Portanto, para quem precisar, dentro do estacionamento tem lugar para deixar as coisas, tanto no terminal 1 quanto no 2.

O guarda-volumes tem pequeno e grande, sendo que minha mochila (que não era tão pequena) coube no pequeno ;) Ficou pouco menos de 4 euros por 24 horas. Para pagar é preciso usar moedas numa máquina que não dá troco – e o pessoal que cuida lá quase xingava todo mundo que pedia trocado, portanto junte umas moedas para isto. Se passar de 24 horas, quando for retirar é só pagar a diferença.

Para deixar as coisas é só mostrar o documento e passar a mala no raio-x que fica em segurança.

Além disto, passei correndo na farmácia, que foi minha salvação – como já disse antes: após jurar prá atendente que estava quase indo prá casa, ela me passou um remédio forte prá caramba que em 2 horas já estava diminuindo aquele inchaço animal do braço…

PALACIO REAL

Como não tinha mais aquele mochilão, peguei o metrô (2 euros, só prá lembrar) e segui direto para o último ponto turístico que queria muito conhecer e não tive como no começo, o Palacio Real (no dia que eu ia, os reis estavam recebendo os jogadores recém-campeões mundiais de futebol em evento oficial no Palacio).

A entrada foram 8 euros e gostei do Palácio, porém depois de tantos castelos e palácios na viagem, já nem me impressionei tanto, mas vale a pena conhecê-lo pois é bastante bonito, também na parte externa.

Palacio Real

Jardins de Moro

Palacio Real

Um dos corredores, em foto escondida...

Mas o calor estava demais (vi um alerta pelo calor numa tv dentro do metrô), então fiquei não mais que 1 hora por ali- bom mesmo foi ficar sentado na grama em frente ao palácio, embaixo de uma árvore, só vendo o movimento :) 

Prá terminar o ultima dia útil de viagem, estava doido por um Gaspacho, uma sopa fria a base de tomate, com croutons e vinagrete, que é uma benção num calor daqueles – assim que o primeiro restaurante com menú del dia que tinha Gaspacho nas opções de entrada foi o escolhido ;)

No próximo post é o dia da volta, onde fui praticamente obrigado a passá-lo fazendo algo que não é prá mim: compras!!! Mas voltar prá casa de mãos abanando depois de 20 dias fora ia ser divórcio na certa hehehe

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 614 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: