Serra Gaúcha no carnaval

Carnaval não é uma festa que eu curta muito, mas sem dúvida é um momento bastante esperado – claro, com 2 dias e meio de feriado, não teria como não ficar contente com a chegada dele E depois de meu período semisabático de posts, estamos de volta 🙂

Este carnaval resolvemos fugir da praia dos últimos 2 anos – mas também não cumprimos a promessa de todo ano de simplesmente ficar em casa e fugir da loucura do trânsito. Assim, fomos para a Serra Gaúcha, lugar onde eu havia ido a última vez em 96, com meus pais… e o fato é que foi uma ótima decisão! Sim, tem muito turista, mas bem menos do que teria em qualquer parte do litoral paulista(Praia Grande então, é melhor nem lembrar hehehe) .

Por questões econômicas (500, para ser mais exato), resolvemos ficar em Canela e apesar de Gramado ser realmente onde as coisas acontecem, foi outra decisão acertada (ebaaaaa). O caso é que Canela parece um bairro de Gramado, e para chegar de uma cidade a outra é só pegar um ônibus que sai da rodoviária da cidade, custa menos de R$ 2,00 e em 15 minutos estamos no centro da outra cidade. Além do mais, tem onibus em intervalo menor que 30 minutos, portanto a economia vale bem a pena, exceto que você queira voltar só de madrugada para o hotel (mas daí um taxi resolveria, ou então o próprio restaurante muitas vezes te leva).

CHEGANDO

Depois de 3 horas presos no trânsito, morrendo de medo de perder o avião, chegamos em cima da hora. O avião era TAM e como fomos os últimos a fazer checkin ficamos com um tal de ‘Assento conforto” – que era nada mais que os assentos da saída de emergência, que tem um pouco mais de espaço para esticar o pé e onde normalmente estão cobrando R$ 20,00 agora… por incrível que pareça, com todo o caos de carnaval, o avião saiu somente 15 minutos atrasado. Em Porto Alegre, pegamos nosso ônibus e chegamos ao hotel umas 3 da matina.

O HOTEL

O hotel que ficamos é o Tissiani e é muito bom. O quarto é bem espaçoso, onde só a tv é minúscula (mas como praticamente nem liguei, não fez falta). Café da manhã bastante decente e no dia que saímos mais cedo eles serviram bem cedinho prá gente. Quando precisei, sempre nos ajudaram. Mas o principal: fica perto do centrinho E perto do ponto de ônibus, então ficamos tranquilos para ir e vir a Gramado quando queria.  Só senti falta de internet, mas foi bom ficar distante um pouco 🙂

O melhor: na pequena estante de livros encontrei um dos melhores livros que já li na vida: “Pequenas Grandes Histórias do São Paulo Futebol Clube

VIAJANDO DE PACOTE

Que meus amigos mochileiros não leiam (ou melhor, que leiam sim e me xinguem nos comentários), mas esta viagem foi de pacotão mesmo – para o carnaval sempre tenho a impressão que pacote é mais barato que por conta própria, e além disto é dificil achar lugar livre quando você tem que estar de volta na quarta-feira (a maior parte que cobrar a diária até quinta), então pacote acabou sendo uma mão na roda; além disto, não tive que me preocupar em arrumar transporte entre Porto Alegre e Canela na madrugada da sexta-feira de Carnaval… mas depois que comentar sobre o destino, escrevo mais especificamente sobre isto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: