Noronha e Bonito, inicio

Estes dias estou trabalhando no planejamento de 2 viagens – meus pais vão em Agosto para Noronha e finalmente marcamos as férias para Outubro, que ainda estamos pensando no que fazer… assim, o pouco tempo livre tem que dividir entre estes planejamentos, o blog, filmes, leituras, Libertadores da América…. ô vida difícil hehe!  Bom: como a mais próxima é para Agosto, nada como relembrar sobre a viagem nossa do ano passado, onde tinha feito este post  😉

Decidindo

Só comecei a estudar sobre milhas em 2009, quando já tinha uns bons pontos no cartão. Com tantas promoções, a questão era: prá onde ir e quanto fica em milhas? Pois nem precisa muito trabalho para saber que o melhor custo-benefício, de looooonge, é Noronha.

Para a Europa precisa de umas 60 mil, o que eu não vou alcançar nunca num período de 4 anos (2 anos de validade no cartão + 2 no programa de milhagem). América do Sul até vale a pena para alguns lugares (ok, a partir de julho não vai valer muito pela TAM , não…). No Brasil, se topar uma daquelas companhias baratas de verdade, como Azul ou Webjet, sempre acha-se preços bons, e a menos que tenha uma super-promoção em milhas, até vale a pena comprar a passagem.

Já Noronha, apesar de ficar  no Brasil,  a passagem normalmente é caríssima, a ponto de ser mais barato viajar para a Europa do que prá Noronha (também hospedagem e alimentação é mais barato em alguns lugares da Europa, mas este é ooooutro papo) fica  que dá 20 mil milhas ida e volta. Sim, comprando em separado os trechos e pesquisando bastante, dá para encontrar umas passagens de São Paulo até Noronha num preço razoável, mas só com bastante trabalho. Por outro lado, ida e volta fica em 20 mil milhas, o que é o trecho mínimo, assim de longe acaba sendo a melhor opção.

Por mais que Noronha seja o sonho de consumo de todo brasileiro que gosta de viagem – mais ainda dos praieiros (não é o meu caso…), não dá para ficar mais que 1 semana por lá, tanto porque parece ser tempo demais num lugar só, quanto porque haja dinheiro 😉   Assim, aonde ir na outra semana de férias?  Nada melhor do que o outro sonho de consumo de todo brasileiro que gosta de viagem e onde 1 semana também parece perfeito – nem demais, nem de menos: Bonito!

Nascia aí a realização deste sonho de consumo…

Trocando as Milhas

As milhas que tinha eram da TAM, que só libera prá venda com 3 meses de antecedência. Porém, se vc vai procurar uns 2 meses antes da viagem, dificilmente acha lugar. Portanto, precisa armar toda uma tática para conseguir o que precisa, a menos que você tenha datas bem flexiveis – o que infelizmente não era o nosso caso.

Assim, fizemos uma tática de ‘guerrilha’: o embarque seria no dia 10/10/2010, portanto exatos 3 meses antes, dia 10/07, enquanto eu estava em algum lugar do Leste, a Mima foi lá e trocou as milhas pelas passagens de ida São Paulo-noronha. E 1 semana depois, dia 17/07, ela trocou as milhas pela passagem de volta, porém no trecho Noronha-Campo Grande, que assim aproveitamos as milhas prá chegar pertinho de Bonito – só assim prá ter 100% garantido a passagem que a gente queria.

A única coisa ruim foi que eu tinha visto esta volta passando em Brasilia e dali para Campo Grande seria uma viagem rápida, mas a tchonga da atendente acabou pegando outro trecho, que nos deixou quase 30 horas entre a saída de Noronha e a chegada em Bonito – graças a uma noite no aeroporto de Cumbica… mas esta fica prá depois, que vai render um post até bem util de onde dormir por ali.

Hospedagem

Em Noronha é tudo carissimo, então após muita pesquisa ficamos na Pousada MarAtlantico/ que é boazinha, razoavelmente próxima do centro (ainda que passando pelo meio do mato para ir a pé), café da manhã bom e atendimento também bom. A diária ficou em R$ 250,00 o que apesar de ser muito caro pelo que oference, é razoável para Noronha – só que pesquisando estes dias, estão cobrando mais de R$ 300, o que começa a não valer muito a pena…

No http://www.mochileiros.com tem diversas dicas de casa de família que também podem ficar hospedadas, e como estou ajudando meus pais (que vão em Agosto, também por milhas), quando eles voltarem eu comento da pousadinha onde ficaram.

Já em Bonito foi outra coisa. Ali ficamos na Pousada Galeria Artes que é simplesmente espetacular! Logo no começo do blog eu tinha escrito alguns posts lá nesta pousada, enquanto descansava nas redes perto dos pés de manga que o pessoal ali tem. A pousada é uma casa enorme que uma brasileira e seu marido alemão resolveram transformar em pousada.

Ficamos a semana toda só nós dois e foi tudo simplesmente perfeito: a D. Maria e seu esposo são maravilhosos, já rodaram o mundo e tive ótimas conversas até tarde da noite ouvindo história das viagens, da vida e tudo mais… são uma simpatia incrível. O café-da-manhã é uma delícia (o mel eles mesmos produzem, gente!) e se sobrava um bolo ou algo, deixavam sempre fácil para a gente pegar quando voltasse ao fim do dia.  Internet muito boa também.

Quintal da pousada

Vai uma manguinha aí?

Ao fim do dia era engraçado: como a pousada é somente um dos trabalhos deles, a gente chegava lá e normalmente não havia ninguém em casa (tínhamos a chave de uma porta de entrada no fundo). Assim, parecia até que a gente era dono do lugar hehehe   Outro detalhe excelente é o quintalzão com rede, uma cadeirinha de balanço e as árvores que refrescavam bem o lugar – foi uma estadia simplesmente fantástica!

O único ponto negativo é que é bem longe do centro para quem ficar a pé – fica perto do Projeto Jibóia, há unos bons 30 minutos de caminhada… mas sempre nos ofereciam carona e, num dia particularmente bastante chuvoso, foram buscar a gente lá no centro 🙂   E vai: além de ser muito boa a caminhada, como a gente come tanto durante o dia, chegava de noite e nem dava vontade mesmo de sair para comer algo – assim, mesmo esta distância não chegou a ser um problema real prá gente.

Ah sim: nesta pousada não tem TV nos quartos, somente 1 na sala comum… e honestamente? Não fez a mínima falta, especialmente com a internet rápida de lá!

Sala comum

Transporte, alimentação e passeios.

Estes eu vou falar conforme a gente for passando nos lugares 😛   mas prá dar uma ideia do que a gente viu, vai umas 2 fotinhas de cada cidade..

Noronha é o paraíso

pôr-do-dol no Boldró

Bonito

Aquário Natural

Anúncios

Uma resposta

  1. […] hospedagem já havia comentado aqui, assim não vou repetir pela milionésima vez sobre a pousada. O que mais posso comentar é que o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: