Bonito, geral

Eu sei, eu sei… faz muito tempo que não faço um post viajandão por aqui.. quase um mês, na verdade. Assim, vamos retomar a viagem do ano passado, para 1 semana em um dos lugares mais incríveis deste Brasil nosso.

De hospedagem já havia comentado aqui, assim não vou repetir pela milionésima vez sobre a pousada. O que mais posso comentar é que o Albergue de Bonito também parece ser ótimo e se estivesse sozinho, sem dúvida é ali que ficaria

Chegando

Há um aeroporto na cidade, mas só achei 1 voo por semana partindo de São Paulo e era caríssimo… assim, foi rapidamente uma opção descartada.  O melhor acabou sendo partir de São Paulo ir até Campo Grande (ok, isto se fosse direto… a partir de Noronha havia outras opções melhores).

Em Campo Grande ,  tem 1 linha de ônibus que pode ser muito útil, porém o horário não batia com nada do que a gente tinha disponível. Para quem quiser: link.

Há também algumas vans saindo de Campo Grande diariamente, e o pessoal do hotel pode lhe ajudar com isto – só é bastante importante agendar com antecedência, nós fomos numa segunda-feira no meio da tarde e estava lotada! Há comentários sobre ela no link anterior também. Por último: se for ficar com carro alugado na cidade, saia de Campo Grande com ele….

Alimentação

Bonito se come bem prá caramba nos passeios, então tomávamos um bom café da manhã na pousada, almoço sensacional nos passeios e a janta… bom: nem sobrava espaço prá janta ;). Assim, sugiro muito que aproveitem todos os almoços dos passeios – mesmo os não incluídos, vale pagar a média de R$ 20,00 a mais para comer no lugar.

Para quem ainda tiver espaço para a janta, na cidade há vários lugares com carnes típicas, como jacaré, javali, capivara e outras coisas das quais preferi manter distância. Gosto de comida diferente, mas esta era demais pro meu gosto… O que eu gostei prá caramba foi uma bomba calórica chamada ‘sorvete assado’. Aquele monte de sorvete, frutas e chantily é algo simplesmente delicioso: dá água na boca só de lembrar.

Transporte

Bonito é o tipo de lugar que não dá prá sobreviver sem algum transporte, porém achei o aluguel de carro muito caro. Além disto, li em alguns lugares que é necessário tomar muito cuidado ao dirigir: as estradas são bem ruins e muito esburacadas, causando sempre perigo de pneus furados ou algum problema no motor.

Uma ótima opção é o transporte compartilhado, que vai para para todos os passeios principais, aqueles que ‘precisa fazer’. Além disto, o compartilhado tem o motorista e um guia, que é quem vai te orientar em todos os passeios. O lado ruim é que as saídas possuem uma programação fixa, então só tem aquele passeio naquele dia. A programação é esta.

Por último, há sempre o serviço de táxi/transporte exclusivo, ficando bem mais caro que o compartilhado, mas ainda assim mais barato que alugar carro.

O que fizemos: fiz minha programação com base no transporte compartilhado e nos dias que o passeio era algo que não interessava (ou repetido), pegamos transporte exclusivo mesmo. A meu ver, foi uma ótima maneira de se programar.

Passeios

Mas vamos ao que interessa: Bonito tem passeios para se passar 1 mês tranquilamente… a lista é enorme e seguramente você encontrará algo que interesse. O carro chefe são as flutuações – há 6 para escolher – também passeios em cachoeiras, normalmente em fazendas da região; grutas, cavalgadas, balneários, mergulhos e claro: o Abismo Anhumas – este o mais famoso (e mais absurdamente caro), que exige grande preparo físico e financeiro, e por isto acabei não fazendo.

Para fazer os passeios é obrigatório agendar através de uma agência, e os preços são tabelados. Há uma lista com um montão delas no no site de Bonito Para escolher a minha, perguntei quem indicavam no hotel e mandei email com os passeios que queria fazer e os dias que teria, e a partir dali me ajudaram a montar a programação – o pessoal que me atendeu melhor pelos emails, foi com quem eu fechei.

Escolhi a Big Tour, que fica no centro da cidade, e que teve um pessoal maravilhoso. Como havia perdido minha máquina de fotografia em Noronha, mandei email eles perguntando se teriam como alugar a máquina sem a proteção para água, e me deram um desconto de R$ 10,00 por dia, ainda me emprestando 2 baterias e o carregador, comigo só passando lá a cada 2 dias para esvaziar a memória. Sem dúvida, foi o que salvou a viagem.. já pensou ir a Bonito e não ter fotos?:0 Por estas e pelo atendimento sempre muito bom no escritório deles, recomendo a agência totalmente.

Sites

Além dos de sempre, 2 sites com ótimas informações e que ajudaram muito na época, foram: A Turista Acidental e o Blog Sem Destino – engraçado que neste último estavam sendo postados videos justamente poucas semanas antes da minha viagem, então ficava todo dia doido prá ele postar logo hehe

Nossa programação

Chegamos na segunda, então na terça feira pela manhã fomos até a agência pegar os vouchers e a máquina fotográfica. Assim, só começamos prá valer a tarde. Por enquanto só uma lista do que fizemos, e nos próximos vou comentando cada passeio:

  • Terça a tarde: Passeio de Bote no Rio Formoso, transporte exclusivo
  • Quarta: Gruta do Lago azul pela manhã e Flutuação no Sucuri a tarde, com transporte compartilhado;
  • Quinta: Cachoeira do Rio do Peixe, dia todo, compartilhado;
  • Sexta; Flutuação Rio da Prata, dia todo e Buraco das Araras no final do dia, compartilhado;
  • Sábado: Aquário Natural pela manhã com  transporte exclusivo e descanso pela tarde, que as férias foram cansativas….
  • Domingo: volta prá casa, com van pegando a gente na pousada.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: