Mundial de Handebol Feminino

Por um acaso esta semana ouvi no rádio falando que a seleção brasileira de Handebol tinha derrotado a França no mundial no dia anterior – no Ibirapuera. Mundial em São Paulo… como assim?

Pesquisa básica para encontrar o site e a tabela – ingressos a partir de 10 reais para jogos da primeira fase, domingo tinha oitavas-de-final por R$ 20,00! Tudo bem que não teria como ser jogo do Brasil, mas rapidinho peguei o ingresso – vai que esgota! (piadinha besta, eu sei:-P) O melhor: o ingresso vale pros 2 jogos do dia!

Comecei a acompanhar um pouco o torneio, vi que o Brasil está avançando (aliás, este gol da goleira brasileira no último segundo do jogo é fantástico)

Bagunça na entrada

O ginásio José Correa é muito bonito por fora e ainda parece novinho por dentro – mas estamos falando de esportes no Brasil, não teria como ficar tudo certo: A bilheteria para quem comprou pela internet e só vai trocar é a mesma de quem está indo comprar o ingresso – se a fila estiver gigante, mesmo você já tendo pago a entrada, tem que enfrentar. Por sorte a fila era pequena, mas bem desorganizada.

Mas o pior foi para quem não tinha ingresso: no site estava marcando arquibancada R$ 20,00 e Arquibancada Premium R$ 35,00 – pois na bilheteria estavam cobrando 35 reais, independente do lugar.

– “É que lá era o preço normal, e agora é final” – mentira: jogos de primeira fase eram ainda mais baratos…

– “É que agora só tem premium“. mentira: estava VAZIO! O estacionamento já estava vazio, imagina lá dentro.

– “Só estou cumprindo ordens” Aí deve ser verdade mesmo.

Pior que não tinha só brasileiros não… tinha um pessoal estrangeiro também que estava avisando que ia mandar reclamação formal para a Federação. O resultado disto eu não sei – não vi se a brasileirada desistiu ou resolveu pagar, só sei que sairam dali, enquanto os estrangeiros estavam esperando alguém responsável para resolver.

Eu, quando finalmente consegui minha entrada, subi correndo que já estava para começar! A pergunta de sempre nestas horas: se num campeonato pequeno (é mundial, mas não deixa de ser pequeno) já é deste jeito, imagina como será no Mundial ou Olimpíadas – devemos nos preparar para o fiasco!

 E lá dentro, como esperado, o ginásio quase totalmente vazio. Handebol sem divulgação e no final do ano… realmente não vai ninguém – talvez no jogo do Brasil. Sorte da gente, que pôde escolher lugar a vontade 🙂

Rússia X Islândia

Hino nacional

A Russia tem 3 mundiais, sendo a atual campeã – já a Islândia se classificou em ultimo do seu grupo… assim é lógico que a torcida era toda prá Islândia! O mais legal é que haviam uns 15 islandeses  muito, mas muito barulhentos. E o time começou muito bem, chegando a ficar na frente várias vezes, indo pro intervalo perdendo de pouco (15X12).

As russas(de vermelho) atacam

No segundo tempo as coisas seguiram equilibradas nos primeiros minutos, mas depois de 10 (são 2 tempos de 30 minutos) elas cansaram e a Rússia começou a mostrar porque é tão forte – a velocidade com que elas pegavam a bola na defesa e levavam até o gol é totalmente absurda. No jogo inteiro foi a Islãndia trabalhando a bola devagar e a Russia subindo que nem o Flash, mas quando a Russia ajeitou a defesa foi simplesmente destruidor. Final  30X19.

A Islândia tenta responder

Foi um bom combate

O melhor do jogo foi a torcida da Islândia, que mesmo perdendo por mais de 10 gols continuava gritando e apoiando o time.

Torcida da Islândia

Espanha X Montenegro

Pelo que li, 2 equipes sem muita tradição, mas que foram bem em seus grupos, e poderiam fazer um duelo mais equilibrado. O jogo começou e a Espanha  foi logo detonando, fazendo 6X1 de cara, com a maioria do ginásio torcendo para elas. Interessante era que a Espanha joga muito devagar…elas pegam a bola, ficam segurando, segurando… até que conseguem mandar pro gol adversário – muito diferente da Rússia.

As espanholas(de branco) vão prá cima

Lá pelos 15 minutos as meninas de Montenegro começaram a atacar – chegavam bastante, mas a goleira espanhola defendia tudo. Por outro lado, a Espanha começou a errar – assim, por mais que a goleira defendesse, Montenegro começou a chegar e terminou o primeiro tempo perdendo só de 9×11.

Mas tomam o troco

Segundo tempo e novamente a Espanha abre 5 gols de diferença – novamente elas se sentem tranquilas e Montenegro começa a equilibrar. Mas aí a goleira fez a diferença. As montenegrinas chegavam sempre, e quando não jogavam a bola em cima da goleira Navarro, esta simplesmente defendia do mesmo jeito – teve um momento que ela pegou uns 3 ou 4 ataques seguidos, por cima, por baixo, com o pé. Nos últimos 10 ou 15 minutos de jogo a torcida comemorava mais as defesas da Navarro do que os próprios gols da seleção… coisa totalmente sem noção.

Mais uma defesa da Muralha

No final, vitória da Espanha por 23X19, mas se não fosse a goleira elas teriam perdido de um monte. Se Brasil ganhar nas oitavas de Costa do Marfim, vai pegar justamente a Espanha na quarta-feira… se a goleira estiver como hoje, pelamor!

Em resumo: a Russia é muito superior a qualquer das outras 3 equipes, e teria enfiado uma goleada da Espanha – porém o espetáculo do dia ficou com a goleira Navarro.  Claro: isto de alguém que viu mais jogos de Handebol profissional hoje que nos ultimos 32 anos 🙂

Festa espanhola no final

Desportividade acima de tudo

O campeonato.

Amanhã tem jogo do Brasil no Ibirapuera e outros 3 jogos. A partir de quarta-feira só haverá jogos no Ibirapuera, e a entrada passa a R$ 40,00 para todos os dias. Parece caro, mas são sempre 4 jogos (inclusive o domingo da final, dia 18). Haja ânimo para ver 4 jogos num dia só, e no domingo que vem ainda tem a final do Mundial Interclubes (eu mesmo acho que não vou).

Mas aos que toparem é certeza que verão algo um pouco fora do que estamos acostumados no Brasil, e que pode ser muito divertido. Quem sabe acontece um milagre e o Brasil chega na final.

Pena que tão pouca gente foi ver...

 

Update – Resultados finais

No final, o Brasil perdeu da Espanha nas quartas, mas se recuperou e ganhou a disputa de 5º lugar da rússia – é a melhor colocação do Brasil na história da competição!

Espanha ficou em 3º lugar, vencendo a Dinamarca por 24 a 18 e a campeã foi Noruega, que venceu a França na final por 32 x 24

Anúncios

2 Respostas

  1. Gostei do seu post,parabens!!

    Andre..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: