Miami Tour

Começando na super badalada South Beach, passando pela região de Art-Déco, até o Bayside Marketplace, Miami tem muita coisa para se ver além dos outlets – assim vamos aproveitar a primeira semana do ano prá voltar a falar dos lugares…

O problema: é tudo bastante espalhado, e mesmo com o carro só vai conseguir ver tudo com bastante tempo; assim apelamos a bom e velho “City Tour”. São muitas as companhias que fazem algum tour em Miami, então vale pesquisar bem em reviews e no http://www.tripadvisor.com.br/ antes de fechar em definitivo. Uma das mais bem avaliadas  é a Miami Beach 411 e como ainda por cima tem fones em Português, foi com eles mesmo que ficamos. Fizemos este aqui, de dia inteiro, com um city tour pela manhã e passeio na Baía de Miami pela tarde. (U$ 66 na época)

Como ficamos próximos do aeroporto, o pessoal das agências não passava lá perto, então fomos de carro até Bayside Marketplace – que já vale um passeio por si só.

City Tour

Ok, tem gente que odeia isto, mas este nem é o primeiro a aparecer no blog, então já deu prá perceber que não tenho nada contra 😉 Chegamos cedo no bayside e até pegar o pessoal em outros hotéis, já vamos conhecendo um pouco do skyline – que se não é tão interessante como de Nova York, ainda tem sua beleza.

O bom do Tour é ir até lugares que muita gente não conhece, como o belo e trágico Holocaust Memorial

Holocaust Memorial

Como é do lado, uma volta pela parte de Art Déco que realmente é uma arquitetura marcante, ainda que prá mim o mais legal foi passar pelo prédio do banho de sangue de Scarface (aliás, taí um filmaço que ainda não tenho…)

The Cavalier

Dos lugares mais fotografados de Miami: aqui morreu Versace

Cena inesquecível de Scarface...

Pode parecer meio besta passar em South Beach de ônibus, e mais ainda sem poder descer – mas aproveite pra aprender um pouco sobre as coisas, se localizar na cidade, e volte com mais tempo outro dia.

Depois de uma rapidissima parada para almoço, vamos para Coral Gables e Coconut Grove, duas regiões muito bonitas em Miami, onde podemos simplesmente ver uma vizinhança com casas clássicas, muitas ruas arborizadas, e quem curte ainda tem casas de Stallone, Madonna e afins. Eu achei mais ‘divertido’ foi o cemitério onde filmaram Thriller, do Michael Jackson.

Thriller

Coral Gables

Parada para descer no impressionante Biltmore Hotel que se pudesse bancar, ficava sem pensar muito  É lindíssimo.

Biltmore Hotel

Biltmore Hotel

Outra parada muito legal é na Venetian Pool que se tiver mais tempo, com certeza vale deixar a praia um pouco e passar umas horas por ali.

Venetian Pool

Para finalizar, Little Havana, que na verdade me decepcionou um pouco. Além de não ter nada demais (exceto o café fortíssimo que experimentamos por ali), a tal Calle Ocho parecia ‘engana-turista’ – é como o Caminito em Buenos Aires: você tem que ir, mas vai se arrepender 😉

Imagem clássica de Little Havana

Passeio de barco

Já no começo da tarde, voltamos para Bayside pegar o Boat Tour – é um passeio de 90 minutos pelas ilhas da região, onde basicamente passa na frente de um monte de casa de ricaço e/ou famoso… sim, tem casas sensacionais e algumas vistas são bastante legais, mas pode ser um pouco decepcionante para alguns.

Ao contrário do passeio terrestre, este aqui tem só inglês e espanhol, e acho que vale a pena porque o preço em separado é um tanto mais caro, e já aproveita para ver Miami de um jeito um pouco diferente, mas não é algo que seja imperdível. Ao final, acabei gostando mais da vista da própria Miami a partir do mar que das casas.

Casinha simples...

Miami vista do mar

Em resumo: acho que o City Tour é muito válido por ali, especialmente se você quiser conhecer um pouco mais que somente as praias e compras e não tiver muito tempo – Até porque, se dependesse unicamente do carro, eu dificilmente teria ido à maioria dos lugares que fomos no tour. Já o Boat Tour, compre só se for no pacote dos dois, ou se quiser conhecer uma das casas de Will Smith, entre outros.

South Beach

O city tour a gente fez na Quarta, mas não podia ir embora sem passar na praia, então lá fomos nós no Sábado. Deixei o carro num estacionamento publico (mais barato que a média) e ficamos caminhando pela praia… como chegamos cedo, fomos vendo o povo chegar, ainda com a praia vazia.

Apesar de muito legal com a areia clarinha, os coqueiros no fundo e os enormes prédios para completar a paisagem, não acho que tenha praia para fazer  jus a tanta fama (especialmente depois de Key West). Claro: a fama dali se deve muito mais as pessoas que a praia propriamente, mas ai vale mais a pena andar pela Ocean Drive que na praia diretamente.

Miami Beach

Miami beach

Coisa que fizemos, fingindo que tinha grana e almoçando no hotelão Art-deco Cardozo Hotel. Pagamos 10 dólares no prato do dia e, apesar de ser minúsculo, era tão bom que até valia o preço.

Prá terminar, uma última passada em Ocean Drive e Collins Avenue depois da chuva, que aquela região é sem dúvida o lugar mais interessante da cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: