Sea World

Finalmente o último dos parques. E foi o último dia de férias reais – depois de Sea World, só nos restou arrumar as malas e seguir prá Miami no dia seguinte.E foi perfeito para terminar! O parque tem algumas atrações radicais, outras mais leves, mas o principal são de longe os shows. E são shows para todos os gostos.

Chegando

A entrada estava incluída no ingresso do Discovery Cove, então não havia muito com que se preocupar. Chegamos cedo ao estacionamento – já estava abrindo o parque mas tinha pouca gente, então não paramos muito longe. Estacionamento custou U$ 12,00 para o dia todo. O mapa é este e o mais importante que você precisa fazer ao chegar é pegar o horário das atrações. Os shows variam conforme a época, então vale a pena acessar o horário antes para ver o que estará rolando, ou se programar na hora mesmo.

Sea World

Vou falar primeiro dos ‘brinquedos’ e depois do show.

Journey to Atlantis

Uma montanha russa que no final dá um banho danado! É bastante divertida – mas faça perto do meio dia que molha bastante!

Vamos tomar banho….

Manta

Depois de tanta montanha russa, esta ainda conseguiu surpreender. É a favorita de muita gente… a ideia é simular uma Arraia, então você senta e os carrinhos viram, para você ir olhando para baixo. Li taaantos elogios que esperava mais, mas a verdade é que é muito divertida – a melhor das 3 montanhas russas do parque, de longe.

Kraken

A última montanha-russa que fui na viagem – para entrar você tem que deixar suas coisas em um locker que utiliza moedas… Perdi um tempão para conseguir trocar moedas prá usar ali e por causa disto não consegui ir até a região do Ártico – o que me fez não gostar tanto da montanha. Mas… ela é bem forte – cheia de loops e alta velocidade –  e vale a pena, mas por me fazer perder o ártico, não tem meu aval! hehe

Wild Arctic

A área que deixei para o final e, graças ao Kraken, não consegui ver… de todas as atrações dos parques da Disney que não fizemos, esta é a única que realmente fiquei triste por não ir. Na época, 2 meses pro Natal, você podia ir a pé ou pegar o simulador do Expresso Polar prá chegar a área dos bichos – minha mãe pegou e gostou muito! Lá temos basicamente os animais do polo, com destaque total para a Baleia Beluga (aliás: há programas de encontro com a baleia beluga, para quem se interessar…deve ser o máxmo)

Alure: the Call of the Ocean

Começo os shows pelo menos interessante – que ainda assim tem seus momentos. É uma espécie de Cirque du Soleiul – mais simples e com menor tempo, claro. Temos ali as acrobacias, gente voando em fitas, bicicletas, cama elástica… sempre gosto destes shows, mas se tiver que cortar algum, pode ser este sem medo.

Allure

Pets Ahoy

Há uma instituição que pega animaizinhos abandonados e os treina – e aqui vemos o resultado. São cachorros, gatos, pássaros… bicho de todo tipo em um show bastante divertido e alto astral.

Cachorrada fazendo farra

Clyde and Seamore Take Pirate Island

Imperdível! Show engraçadíssimo com alguns comediantes e 2 leões marinhos sensacionais! Já começa antes do show propriamente, quando um palhaço fica bagunçando no meio do público, que procura seus lugares – e depois que começa, a risada não para. Não perca por nada este aqui.

Pirataria!

Palhaçada estes bichinhos… 🙂

Irmão mais velho…

Blue Horizons

Tem alguns pássaros, tem o povo nadando, mas este aqui é o Show dos Golfinhos. Também é imperdível! Aqueles bichinhos lindos nadando sincronizado com seus treinadores. Segundo ouvi, os golfinhos que vemos no Discovery normalmente são veteranos daqui. Não perca!

Blue Horizons

One Ocean

Shamu! O nome é conhecido por muita gente – especialmente depois que ela matou um dos treinadores há uns anos. Dizem que os shows pré-acidentes eram mais legais, por serem mais interativos entre treinadores e baleias, mas este aqui já foi fantástico!

Chegue um pouco mais cedo para arrumar lugar, e enquanto espera, dá prá descer até pertinho do vidro e ficar vendo as baleias – de tempos em tempos elas vem perto da gente se mostrar um pouco. Tem ali também a ‘splash zone’, área para se molhar durante o show. No meio o negócio é mais feio ainda, mas é divertido ver o povo tomar banho – fiquei até com inveja hehe.  É simplesmente imperdível!

Pré-show

Vai Orcaaaa!

Encontros

Além dos shows e brinquedos tem algumas áreas especificas, onde você pode ver alguns bichos mais de perto. Na Dolphin Cove temos o aquário onde ficam os golfinhos do show – eles ficam o tempo inteiro passando perto da gente, várias vezes em grupo.

Shark Encounter é uma esteira rolante onde você passa no meio dos tubarões. Tivemos que fazer 2 vezes, porque é fantástico. Além do mais, do lado de fora também dá prá ver mais um monte de tubarões, de diferentes tamanhos e cores.

Túnel do tempo? Não..dos tubarões

Tubarão diferente….

Manta Aquarium Embaixo da Manta existe um aquário, com diversos peixes e principalmente as arraias. É lindíssimo! Vale muito a pena passar ali, antes ou depois da montanha russa – e não muito longe dali ainda tem a Stingray Lagoon que é um piscinão em que as raias ficam passando basicamente para serem tocadas! Num primeiro momento é até estranho, mas depois de vermos algumas quase pulando prá fora dágua para conseguir um pouco de carinho, a gente entra na farra.

Manta Aquarium

Arraias pedindo carinho…

Alimentação

O mais conhecido de todos é o Sharks Underwater Gril que falam que é muito bom e um tanto caro. Além do mais, há diversas opções de fast food em todo lugar.

Mas sem querer acabamos encontrando o Garden Buffet, que é muio bom. Pagamos uns poucos dólares e tinhamos direito a toda a pizza que a gente aguentasse, além de um buffet de saladas e outro de massas. Para sobremesa, pizza doce, e ainda bebida a vontade.

A pizza estava bastante boa e foi um dos mais baratos almoço em todos os parques. Fica perto da saída da Shamu, então foi ótimo logo após o show.

Na saída do almoço, um bichinho diferente…

Resumo

Imperdíveis – 3 shows: Shamu! Show dos golfinhos e o dos leões marinhos; Montanha russa: Manta; Shark Encouter, Stingray Lagoon e o Aquário embaixo da manta.

Muito bons: Pets Ahoy –  o show com os animais; Journey to Atlantis e Kraken. Encontros: Golfinhos e Pinguins.

O restante, vá conforme der tempo – lembrando que o Àrtico eu não fui, mas acho que ficaria nos meus imperdíveis.

Parque muito bom, só poderiam ficar abertos por um pouco mais de tempo… o parque fechava as 18h00, o que faz com que tenha tempo livre pela noite. Como a maior parte das coisas é show, você nem anda tanto assim e terá um parque um pouco menos pesado que os outros. Foi uma ótima escolha prá terminas as férias em Orlando.

Bye parques

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: