Voando com bebês

Isabeli e sua malinha…

Lista de remédios da pediatra: check;
Leite em pó: check;
Mochilinha com algumas fraldas e mamadeiras: check;
2 trocas de roupa para a mamãe, umas 3 para a filhota e mesmo uma camiseta pro pai: check.
Assim, umas 4 horas antes do voo, já estávamos no aeroporto, para evitar qualquer problema! Mas claro que surge o primeiro problema, no check-in:

-<atendente>Fizeram reserva de berço?
-<eu>O cara que me vendeu a passagem, numa loja TAM, disse que ia fazer
-<atendente>não está feita. Custa U$ 120,00
-<eu> Cuma?
-<atendente> Além disto, não temos mais lugar junto e vocês vão ficar separados!
-<eu>É pegadinha, né?

O diálogo não foi exatamente este, mas o sentimento foi parecido: sempre li sobre os bercinhos que estão disponíveis para os bebês, e se eu paguei 10% da passagem, era óbvio que teria o bercinho…mas que nada: além dos 10%, ainda tive que pagar esta tarifa – na ida e na volta! Tem a ver com o fato de berço ter que usar um dos chamados “Assento conforto”, que tem mais espaço.

Não sei se é nova a cobrança, mas foram 120 dólares na ida e 60 libras na volta – o que dá uns R$ 440,00 no total: Dá para comprar um berço novo com este valor! Chegamos a pensar em viajar com ela no colo mesmo, mas claro que não rola… acho que é até perigoso. Assim, lá vou eu pagar a tal tarifa de berço.

Mas claro que não é só isto: como eu não tinha reservado antecipadamente o berço, os caras não reservaram lugar prá gente, então estava eu lá no meio do avião e a Mima e a Isabeli bem mais prá frente, com o restante da fileira ocupada.

O atendente foi super atencioso, vimos e revimos o mapa de assentos e somente alguns com um “W” escrito estavam em lugar que aceitaria berço, mas estes ele não tinha permissão para colocar a gente, mesmo estando vazios. Tentamos com outra pessoa, que também não conseguiu.
Assim, só nos restava seguir a máxima de um blog que se complicou numa viagem: “Deixa como está e lá dentro tenta resolver”.

Entrando

As mochilas de por nas costas são nossas… as 2 malas, da pequena!

Primeira coisa: vá com o carrinho do baby até o embarque. É muito mais fácil andar pelo aeroporto com ele – e quando a Isabeli queria colo, a gente coloca as mochilas no carrinho, que também é mais fácil do que ficar carregando. Quando for embarcar, o pessoal pega ali na porta e coloca no bagageiro.

Sempre fui o último a entrar num avião. Deixa os apressadinhos se ajeitarem, que fico aproveitando aqui fora, que ainda tem mais espaço… mas com um bebê a gente tinha 2 mochilas bem razoáveis, então foi ótimo ter prioridade – já falei com os comissários de nosso problema e também já fomos ajeitando as coisas.
No final do embarque, perguntam se a gente não topa ficar naquelas fileiras “W”…que estavam realmente desocupadas. Claro que sim! Problema resolvido 🙂

O voo

Tanto na decolagem quanto no pouso, seguimos o conselho de todos: coloca o bebê para mamar! Assim ela não fica com os ouvidinhos ruins e não vai chorar tanto. Dito e feito! Na subida foi tranquilíssima e o pouso, apesar de um tanto de choro, nada traumatizante.
Depois que decolamos, o pessoal coloca o berço (que mais lembra um caixãozinho…). Nesta altura a Isabeli já estava dormindo. O berço é bastante confortável, tem um tamanho bom e foi perfeito na ida e na volta – só não precisava custar R$ 220,00 cada voo!

Bercinho…aka: lugar mais confortável do avião

Na hora de trocar tem o banheiro ali perto e, quando a fila estava grande, trocamos no bercinho mesmo, que foi tranquilo. Quando tem turbulência, a ordem é pegar o bebê no colo. Lá pelo meio da viagem teve um pouco e em 2 minutos já tinha comissário confirmando que estávamos com ela no colo: pessoal super cuidadoso com os novinhos.

A volta

Para evitar aquele rolo todo da ida, já em Cumbica tentei reservar os assentos: “Só na loja da tam, pelo telefone” Ninguém merece! Pelo menos com a internet é fácil e por skype resolvemos já em Londres… no dia da volta foi só pagar a taxa e tudo correto, e ainda conseguimos 3 lugares para nós 2.

Mesmo assim, chegamos umas 4 horas antes no aeroporto, que é gigantesco! Lá dentro foi engraçado quando compramos um suco de frutas e a Isabeli ficou interessada. Foi tomar o primeiro gole(não tinha conservante, tá!) e chorar querendo mais. Chegou ao cúmulo dela chorar porque queria mais suquinho e chorar ao tomar, porque não aguentava… estas mulheres não estão felizes com nada desde cedo hehhe

Na volta também tivemos um ‘aprendizado’: No banco de trás viajou uma menina de uns 2 anos… a menina chorou durante metade do voo, de vez em quando berrado. Cheguei a tampar os ouvidos da nossa para ela não acordar – e teve pelo menos um momento que fui colocar a mão e a própria Isabeli estava com um dedinho no ouvido – claro que foi involuntários, mas engraçado enquanto durou. O lado positivo: vermos que realmente é muito mais fácil viajar com bebê que uma criança um pouquinho mais velha.

Resultado final

Estava mais preocupado com o voo que com a viagem para a Isabeli, mas os voos foram tão tranquilos que até um filminho a gente conseguiu ver na volta.
Antes de viajar, faça a tal da reserva do berço e também do assento – não adianta só reservar o berço… tem que reservas os lugares também!

Chegue cedo para o checkin – não dá para se arriscar.

Não usamos as roupas nem nada, mas já li histórias de gente tendo que viajar suja a viagem toda, então é outra coisa que não dá para arriscar.

Curta a viagem: a gente morrendo de medo de um voo de 11 horas + checkin, mas na ida tínhamos 6 bebês no voo e na volta também tinham vários: choro mesmo, só das crianças mais velhas – a bebezada dormiu bastante e quando acordava só queria curtir um pouco de colo 😉

Na próxima vez quero ir sentada!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: